Então, que seja doce!

terça-feira, 9 de agosto de 2011



"Quanta mudança alcança o nosso ser posso ser assim daqui a pouco não.
[...]

Reciclar a palavra, o telhado e o porão...
Reinventar tantas outras notas musicais...
Escrever o pretexto, o prefácio e o refrão...
Ser essência... Muito mais...
A porta aberta, o porto acaso, o caos, o cais...
Se lembrar de celebrar muito mais..."


O Teatro Mágico

Nenhum comentário:

Postar um comentário